A Associação Ambientalista Curupira, CURUPIRA, é uma pessoa jurídica de direito privado, constituída na forma de associação sem fins lucrativos, com prazo de duração indeterminado e que tem por objetivo a proteção do Meio Ambiente, entendida como a preservação e a conservação da natureza e da promoção do uso racional dos recursos naturais.

Para a consecução desse objetivo, atuando isoladamente ou em conjunto com outras instituições de direito público ou privado, nacional ou estrangeira, cabe à CURUPIRA:

 

I – Formular, coordenar e executar projetos e programas;

II – Realizar estudos, análises, pesquisas e, a partir destas, implementar projetos piloto de alternativas à comunidades, incentivando o desenvolvimento sustentável;

III – Desenvolver ações de educação e conscientização ambiental, em caráter autônomo ou complementar ao Estado;

IV – Desenvolver campanhas e atividades que visem a proteção e promoção da diversidade das expressões culturais;

V - Prestar assessoria a pessoas físicas e jurídicas interessadas em atividades de proteção, conservação e recuperação do Meio Ambiente;

VI - Produzir, publicar e distribuir materiais, informações e conhecimentos técnicos, ainda que através de produções, publicações e distribuição de materiais artísticos;

VII – Incentivar e promover a criação, implantação e administração de espaços territoriais, especialmente destinados à proteção, conservação e recuperação do Meio Ambiente;

VIII - Firmar acordos, convênios e/ou outros instrumentos de cooperação com entidades congêneres, empresas e órgãos do setor público e/ou privado, principalmente com aquelas voltadas para o Meio Ambiente, cultura e o bem estar social;

IX - Representar em juízo, sempre que julgado necessário, em defesa do patrimônio ambiental, aos órgãos competentes para solucionar agressões ao meio ambiente;

X - Promover a defesa dos direitos coletivos e difusos e incentivar a prática da cidadania nas questões ambientais;

XI - Gerir, administrar, receber e aplicar verbas e fundos obtidos para a consecução de sua finalidade estatutária;

XII – Incentivar o trabalho voluntário;

XIII – Desenvolver modelos alternativos de produção e comercialização de bens e produtos;

XIV – Cooperar na formulação de políticas públicas;

XV - Promover eventos que visem a mobilização pública, no intuito de divulgar as causas sócio-ambientais.

 

Siga-nos